domingo, 16 de julho de 2017

domingo, 9 de abril de 2017

Engraçado, chega um ponto em que fica cada vez mais fácil ir enfiando informação na cabeça, quanto mais informação temos, mais fácil fica de absorver outras. Imagino só as grandes mentes se expandindo, tal qual o universo, em supernovas e big bangs. Nós somos o universo em expansão, o universo em contração. Nós somos a realidade, nós criamos a realidade. Todos os processos pelos quais passo são os processos do universo. Minha mente é um fractal da consciência universal, da grande consciência. Um circuito elétrico, yoctométrico, em uma grande placa-mãe. Ultra velocidade da luz, ultrapassando os limites mensuráveis do nosso próprio entendimento. Telepatia, teletransporte - o princípio é o mesmo. É necessário parar de pensar nessas idéias em termos de corpo físico, essa é nossa limitação auto-imposta, nosso desafio. Se torna cada vez mais fácil estar só, estar em paz, em harmonia. Os conflitos surgem da melodia tumultuada de energias destoantes, portanto é preciso ser música e saber compor qualquer melodia. É necessário estudar - estudar as formas da vida, estudar as nuvens, estudar minha escuridão, estudar meu corpo e outros corpos, estudar os livros escritos por bruxas e bruxos, estudar eu mesma. Toda informação que preciso está em mim.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

...A cada queda
Ressurjo de vez
A euforia da dor
Não dura o bastante
Para me dar certeza
De que ainda sinto
Eu corro
Por ruas e vãos
Por mares e matas
Mas não me encontro, meu destino...
Eu faço escolhas
Mas sempre erradas
Ao invés do certo
Escolho a pergunta
Que não tem resposta
Creio jamais ter
Sinto este vazio
Duvido do meu ser
Duvido do viver
Não creio em você
Procuro entender
Por que, por quê?...


18/07/2005

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Eu amo. Amo mesmo. Não me importa se é recíproco, não me importa se é carnal, não me importa se sou amada. Eu amo. Amar é um estado de espírito, um estado de graça. Amar é olhar para a vida, simplesmente para a vida e ver sua beleza selvagem, indomável, imprevisível. Amar é gostar do céu, absorver as cores da paisagem. Amar é ver que cada ser, dentro de si, emana uma beleza, uma ternura de ser um ser que ainda é meio criança, tentando aprender a viver. Amar é saber que tudo se completa, que tudo se complementa, que não existe certo ou errado, bom ou mau, existem opostos complementares que fazem parte de uma mesma natureza, quem sem um não existe o outro. Eu amo. Não importa o que qualquer um pense, o que qualquer um queira de mim, não importa quem queira me quebrar ou me modificar. Eu amo.

23/01/2017

quinta-feira, 7 de julho de 2016

The Hands of Time

Dough of dust
The hands of Time
Carrying a jug of vital fluid
Pour life onto the estatic dirt
Forming a muddy mix on hold
Waiting for fermentation
For the hands of Time to 
Knead the dough of existence

From its fingertips
Time sprinkles spices and seasonings
Gently homogenizing the mixture
Squeezed between its fingers

Time molds the muddy recipe
Shapes and decorates
Delicatly lying it on the formworks of Earth
The hands of Time carry unestinguishable fire
To burn the firewood of vivacity
Explosively pokes the eyes for awakening

Time cradles its offsprings
With the rough softness of a gardener´s palms
Trimming the flaws and fertilizing our roots
Seeding knowledge and ripening the fruits of labour

Time picks the sweetness till it oozes
Adds sweetness to the recipe
And when the timer rings announcing the completion
Time gently removes the tray and lets it cool into maturity
Serving to the world another one of its treats
To some, tastes delightful
To others, sickening
But we have all been served
By the hands of Time







24/06/2016

quarta-feira, 8 de junho de 2016

3 Papers

Me and my neat organization
Me and my petty little papers
So nicely organized
All so identical
3 identical papers stacked identically
Light, Water, Rent
Light, Water, Rent
Light, Water, Rent
Light, Water, Rent
So useless
Such a useless waste
Of my organization and time
1 year´s passed by
12 stacks of 3 papers identically piled
I wait for 1
Then I pay 2
Wait for the next one
Then I pay 1
Then I staple, clip, stack
Waiting for the next month
While I wait for 1
To pay 2
To wait for the next one
To pay 1
To wait for the next month
So I can staple, clip, stack
Staple, staple, clip, stack
´Till I have a
New stack of 12 stacks of 3 papers identically piled
What a waste of time
What a waste of organization so nice
What a fucking waste of my precious time

07/06/2016

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Quando parei de ouvir as palavras e passei a enxergar as atitudes, comecei a perceber a realidade.
Quando parei de olhar os olhos e passei a olhar os olhares, comecei a entender as intenções.
Quando parei de me apaixonar e passei a ser curiosa, comecei a conhecer e verdadeiramente amar as pessoas.
Quando parei de temer e procurei entender, comecei a pertencer em todos os lugares.
Quando parei de me condenar, comecei a me abraçar e sentir paz, defronte qualquer sentimento.
Quando parei de esperar, comecei a agir e aceitar o melhor de cada situação.
Quando parei de me odiar, comecei a amar.